Fundação Maçônica Educacional - FME

Notícias

A+ A- imprimir voltar

27/03/2021

José Nivaldo Brissuella Brum (1952-2021)


 

José Nivaldo Brissuella Brum

(1952 – 2021)

 

Hoje, aos sete dias da tua passagem para o Oriente Eterno, nossos corações e almas permanecem de luto pela tua partida. Mas essas breves palavras não são para falar da tua essência mortal que já não está mais entre nós, mas para falar em tua memória que vive e viverá para sempre, não para pensar na tua partida e sim para refletir sobre tua jornada nesta vida.

 

Mais do que um amigo fiel e verdadeiro sempre foste um ser de coração gigante e nobres atitudes.

É impossível pensar em ti sem lembrar que alternava o clássico terno preto com as pilchas e carregava as duas vestimentas e o que representavam com o mesmo orgulho e altivez.

Apaixonado pela Educação levava como ideal as palavras de Pitágoras: “Educai as crianças para que não seja necessário punir os adultos” e dedicaste teu amor e carinho para edificar com bases fortes a Fundação Maçônica Educacional – FME com o objetivo de promover a Educação das crianças e jovens e oportunizar um novo caminho.

Como teu pedido final, pediste que a música SABE MOÇO (Francisco Alves) fosse tocada na tua cerimônia de despedida e, humildemente, peço licença para associar algumas estrofes à tua trajetória na FME.

“Sabe, moço

Que no meio do alvoroço

Tive um lenço no pescoço

Que foi bandeira pra mim”

Quando assumiste a presidência da Fundação Maçônica Educacional tomou para ti a responsabilidade de carregar a Bandeira da FME como um lenço no pescoço, com o compromisso de lutar pelo sonho de torná-la o braço educacional da Grande Loja Maçônica do Estado do Rio Grande do Sul.

“Que andei em mil peléias

Em lutas brutas e feias

Desde o começo até o fim”

Peleou muito, até mesmo contra o processo de extinção iniciado pela gestão anterior a tua, tendo de provar judicialmente ao Ministério Público que a FME era uma instituição digna e atuante. Obteve êxito nesta peleia e até os dias de hoje a Fundação tem suas contas, anualmente, aprovadas sem ressalvas pelo Ministério Público das Fundações.

"Sabe, moço

Depois das revoluções

Vi esbanjarem brasões

Pra caudilhos coronéis

Vi cintilarem anéis

Assinatura em papéis

Honrarias para heróis

 

É duro, moço

Olhar agora pra história

E ver páginas de glórias

E retratos de imortais

 

Sabe, moço

Fui guerreiro como tantos

Que andaram nos quatro cantos

Sempre seguindo um clarim"

 

Não foi uma trajetória fácil, foste desacreditado em teus ideais, mas andaste nos quatro cantos representando nossa FME e conquistando, em cada rincão desse pago, Irmãos, Amigos e Companheiros que se somaram a ti para levar adiante o sonho idealizado pelo Ir.: Longuinho Marques da Costa (década de 80).

 

"E o que restou?

Ah, sim!

No peito em vez de medalhas

Cicatrizes de batalhas

Foi o que sobrou pra mim"

 

E cada cicatriz de batalha te tornou um Homem mais forte, mais confiante nos teus ideais, mais amigo e companheiro, mais ciente da certeza de que somente a educação é capaz de promover mudanças. Foste um defensor de muitos ideais, entre eles acreditava: na importância da Maçonaria se abrir para o mundo e mostrar um pouco do seu trabalho desenvolvido; na importância da participação feminina nos projetos da FME; defendia a importância dos valores familiares; e dos CTG como locais que fortalecem e dignificam os jovens e os afastam dos perigos do mundo... e tantas outras coisas que faltariam palavras...

Fica aqui nossa gratidão por teres compartilhado tua vida, tuas histórias, teus sonhos, teu amor incondicional por Uruguaiana (tudo de bom tinha origem lá), planos e sorrisos e a certeza de que tuas ações deixaram um legado que nos inspira a sonhar mais, aprender mais, fazer mais e nos tornarmos mais.

Equipe FME

 

"A vida não é certa... Nada aqui é certo! O que é certo mesmo, é que temos que viver cada momento, cada segundo, amando, sorrindo, chorando, emocionando, pensando, agindo, querendo, conseguindo… e só assim, é possível chegar àquele momento do dia em que a gente diz: Graças a Deus deu tudo certo!"

Luis Fernando Veríssimo

 

Fonte: por Rita Salaberry Denis



voltar
FUNDAÇÃO MAÇÔNICA EDUCACIONAL
Avenida Praia de Belas, n. 560
Praia de Belas, CEP 90110-000
Porto Alegre, RS
(51) 3061-5090
www.fme.org.br

Av. Baltazar de Oliveira Garcia, n. 2132
Área 9 (dentro do Vida Centro Humanístico)

i94.Co™